Poções mágicas de palavras

“A alegria, assim como a tristeza, sempre encontra livre o caminho de partida. O dia de ontem talvez não venha a ser como o amanhã. Nada permanece exceto a inconstância.”

Essa frase foi a dose que eu precisava para criar forças num momento difícil. Foi caminhando pelas florestas ao lado do solitário Frankenstein que eu pude atravessar uma fase conturbada.

Choramos juntos o abandono e o medo do mundo. E nessa jornada esbarrei na tal frase que compartilhei no início do texto. Essas palavras escritas há mais de 200 anos serviram como o fôlego que eu precisava para seguir. E eu segui. A vida seguiu. E a dor que eu achava que nunca ia ter fim, findou.

O clássico Frankenstein escrito por Mary Shelley foi um dos livros que me ajudaram a viver.

Além deste, trago comigo uma coleção de obras que, por vezes, serviram como cola para juntar os pedacinhos noutras me desmontaram por completo me obrigando a ver a vida por outros ângulos.

Eu sempre tive a certeza de que os livros eram muito mais do que um amontoado de palavras impressas no papel. Sempre soube que havia magia dentro daquele objeto que se abre e, por vezes, nos abre ao simples toque. E a vida, como num passe de mágica, me apresentou uma área chamada Biblioterapia. Nesse encontro a magia se revelou para mim. Hoje sou especialista em Biblioterapia. Cuido das pessoas com poções mágicas de palavras.

Na minha estante-caldeirão guardo livros que já me encantaram. Livros que me abriram para o amor. Livros que curaram feridas antigas. Livros que aqueceram noites frias. Livros que despertaram partes adormecidas. Livros que me afagaram e afogaram mágoas.

Livros que apedrejaram certezas. Livros que abriram horizontes. Livros que fizeram brotar cachoeiras no deserto da minha alma. Cada um, ao seu modo, segue me ajudando a viver. E eu sigo acreditando nas pequenas bruxarias diárias que acontecem quando, ao simples toque, abrimos esses objetos encantados.

6 comentários sobre “Poções mágicas de palavras

  1. Nice Norzina Nunes disse:

    A cada dia me vejo a acreditar mais que as palavras e pessoas que como você oferecem o coração como forma de trabalho e vida podem e me transformam como pessoa para um ser humano melhorado. Ainda estou longe do começo mas, meu interior diz que já começou. Amo lê, no momento isso me basta, sem pretensão, somente por amor e puro prazer.
    Obrigado por partilhar todo esse conhecimento. Você é show.
    Gratidão.

    Curtir

  2. Claudete Tavares Cristino disse:

    Muito bom o seu texto. Vejo nos livros, na boa literatura, uma forma de aconchego, um colo, que mesmo estando ali sozinha, somente com o livro, sei que estou amparada. De uma forma mágica, encontro o que procuro, seja para afogar as mágoas, para diversão, e até mesmo para encontrar uma solução. Meu melhor amigo neste tempo de incertezas.

    Curtir

  3. Maria de Lourdes Cândido Neves disse:

    Assim como você, sou apaixonada por literatura. Os livros me encantam, neles estão além de conhecimento a cura pra muitos males.
    Seu textoé é escrito com a alma. Luz pra você.
    Grata.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s