Viver de Biblioterapia: uma escolha nada fácil!

Ando refletindo muito sobre as minhas escolhas. Eu escolhi viver de Biblioterapia. É isso que faço desde que terminei o mestrado em 2017. Apesar de ter formação em Jornalismo eu não atuo como jornalista. Uso o que aprendi na comunicação para comunicar a minha paixão: a Biblioterapia. E tento me manter exclusivamente desse trabalho. Tento. Porque não é nada fácil.

Não é nada fácil viver de uma área que 99,8% das pessoas nunca ouviram falar. Não é nada fácil querer falar do potencial terapêutico da literatura em um país de poucos leitores. Nada é fácil.

Mas, então, como eu vivo exclusivamente de Biblioterapia há quase dois anos? Primeiro, eu enxergo os desafios, que são muitos, mas eu não deixo que eles me parem. Segundo,  eu tenho desenvolvido muito meu lado criativo. E a criatividade tem sido a minha arma para avançar a cada novo desafio. Terceiro, o que me move é a minha paixão. Esse é o meu combustível de todos os dias.

Na prática, atuo em diversas frentes. Todo o conhecimento que eu adquiri ao longo do meu mestrado ao lado da querida professora Clarice F. Caldin (referência em Biblioterapia no Brasil), as pesquisas e o estudo constantes e, sobretudo, a prática da Biblioterapia, me dão suporte para oferecer alguns produtos e serviços que eu apresento a seguir:

– Consultoria: ajudo a desenvolver e colocar e prática projetos que tem como foco o potencial terapêutico da literatura em diferentes contextos: educacional, empresarial, dentre outros;

– Oficinas de capacitação: onde apresento a teoria e a prática da Biblioterapia para profissionais e estudantes de diversas áreas, tais como: Biblioteconomia, Pedagia, Psicologia, dentre outras. Clique aqui e confira a agenda de oficina e eventos.

– Encontros e sessões de Biblioterapia: espaços de vivência e partilhas conduzidos a partir do método Biblioterapêutico;

– Curso online ‘Desvendando a Biblioterapia’: um verdadeiro guia para quem quer se aventurar no universo da Biblioterapia e descobrir o potencial terapêutico da literatura, com vídeoaulas e material em pdf. Saiba mais clicando AQUI.

E não paro por aí. Não posso parar por aí. Sigo usando minha criatividade para vencer os desafios e levar a Biblioterapia para mais espaço, para mais pessoas. Para que a literatura possa ser reconhecida e utilizada para promoção do bem-estar e para que possamos sonhar com um mundo de seres humanos mais humanos.

Sigo em frente, em busca de parcerias para colocar tudo isso em prática. Se você acredita que a literatura é um recurso poderoso, entre em contato. Vamos somar. Pensar juntos. E levar a Biblioterapia para mais espaços e mais pessoas!

rodape-blog

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários sobre “Viver de Biblioterapia: uma escolha nada fácil!

  1. Nádia disse:

    Carla, ouvi falar de Biblioterapia ano passado e conheci seu trabalho esse ano, já estou amando e sinto-me totalmente identificada. No meu trabalho como professora, pedagoga, contadora de histórias, tenho percebido o potencial terapêutica das narrativas, histórias e da boa literatura na vida das pessoas, de crianças a adultos. Agora sei que o que faço tem nome e é um campo de estudo e pesquisa: Biblioterapia!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s